APP Cemig Atende

Baixe na App Store

Baixe na Play Store

Clique aqui Clique aqui

Cemig cria Comitê de Gerenciamento Participativo da Central Geradora Paraúna

.Conselho conta ainda com a participação de duas prefeituras municipais

A Cemig, juntamente com as prefeituras de Gouveia (Região Norte de MG) e Santana de Pirapama (Região Central de MG), criou o Comitê de Gerenciamento Participativo da Central Geradora (CGH) Paraúna, que tem como objetivo tratar dos assuntos ambientais da área de influência do reservatório da unidade geradora, conforme definido no Plano Ambiental de Conservação e Uso do Entorno do Reservatório (Pacuera).

O Comitê possui caráter consultivo e apresenta-se como instância de articulação social vinculada à gestão participativa dos recursos hídricos na região de abrangência do reservatório da CGH Paraúna.

Segundo Adriano Campos Lemos, engenheiro de Meio Ambiente da Cemig, a organização desenvolverá suas ações com base no fundamento da gestão compartilhada voluntária e participativa, envolvendo segmentos do poder público municipal de Gouveia e Santana de Pirapama, da Cemig e sociedade civil.

“ As atividades desenvolvidas pelo Comitê irão ser pautadas de acordo com os preceitos da Política Estadual de Recurso Hídricos de Minas Gerais, além da observância das competências constitucionais e legais do Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos. Desta forma, o grupo vai dar oportunidade de voz e participação da população e poder público no que diz respeito à discussão dos temas pertinentes ao uso de recurso hídricona região”, explica o engenheiro da Cemig.

A formação do Comitê foi estabelecida como uma das condicionantes da licença ambiental LOC nº 337 emitida em 30 de dezembro de 2020. Os membros titulares e suplentes terão mandato de dois anos, e já estão em atividade desde o dia 16 desse ano, quando tomaram posse.

CGH Paraúna

Composta por três unidades geradoras com potência instalada de 4,48 MW, a CGH Paraúna, que está situada no rio Paraúna, inserido dentro da bacia do rio São Francisco abrangendo parte dos municípios de Gouveia e Santana de Pirapama, entrou em operação em 1927.

 

Cemig cria Comitê de Gerenciamento Participativo da Central Geradora Paraúna

Meio Ambiente: Cemig em parceria com prefeituras do interior do estado de Minas, cria comitê da CGH Paraúna para tratar de questões ambientais 

Crédito da Foto: Cemig Divulgação