APP Cemig Atende

Baixe na App Store

Baixe na Play Store

Clique aqui Clique aqui

Investimos R$ 6,4 milhões em obras na conexão da Subestação Janaúba 3, levando desenvolvimento para o Norte de Minas

.Redes mais seguras e redução de interrupção de energia para clientes urbanos e rurais

O Governo de Minas Gerais, por meio da Cemig, investiu cerca de R$ 6,4 milhões em obras para fazer a conexão da Subestação Janaúba 3, localizada no Norte de Minas. O novo empreendimento foi energizado no último dia 12 e vai garantir melhorias na confiabilidade do sistema elétrico regional e na qualidade da tensão de fornecimento da região. Mais de 500 mil clientes de nossos clientes serão beneficiados.

A Subestação Janaúba 3 é uma instalação de propriedade da Mantiqueira Transmissora de Energia S.A. e também uma nova fonte de suprimento de energia para o atendimento ao Norte de Minas. O nosso investimento foi destinado para ampliação e reforço nas Subestações Janaúba 1, Janaúba 3 e Janaúba 4, além da construção de torres e linhas de distribuição, abrangendo 24 subestações. Os principais municípios beneficiados serão Itacarambi, Jaíba, Janaúba, Nova Porteirinha, Pai Pedro, São João das Missões e Verdelândia.

“O impacto desta conexão na região é significativo. Com a inclusão dessa subestação no sistema elétrico da região, os clientes da Cemig terão ainda mais qualidade no fornecimento de energia elétrica. Essa obra reafirma o compromisso da Cemig e do Governo de Minas Gerais com a rede elétrica do estado e, principalmente, do Norte de Minas, que é a região que mais receberá recursos até o fim do ano que vem”, destaca o gerente de Expansão e Manutenção da Alta Tensão da Distribuição Oeste, Beline Quintino Araújo Fonseca.

Investimento histórico na rede de distribuição em MG

No período de 2018 a 2022, o nosso investimento em melhorias em linhas de distribuição, subestações, religadores, redes de média e baixa tensão e medidores, por exemplo, compreenderá o montante de R$ 6,4 bilhões. O valor contribuirá para viabilizar o desenvolvimento econômico e social do estado, uma vez que será distribuído por todas as regiões de Minas Gerais.

Os investimentos trarão benefícios para a população, como a redução de interrupções de energia para clientes urbanos e rurais, redes mais seguras para evitar choque elétrico, mais energia disponível para o crescimento dos negócios, além de fontes de energia mais robustas e mais próximas dos clientes com a construção de 80 subestações em todo o estado.