APP Cemig Atende

Baixe na App Store

Baixe na Play Store

Clique aqui Clique aqui

Usina Solar Fotovoltaica Mineir√£o

Usina Solar Fotovoltaica Mineir√£o

Fotovoltaica

 

Início da Construção

2012

In√≠cio das Opera√ß√Ķes

2014

Fator de Capacidade

14%

N√ļmero de Inversores

88

Potência Instalada

1.420kwp

Unidades Geradoras

5.910

A Usina Solar Fotovoltaica Mineirão é um marco da geração solar fotovoltaica nacional. Instalada na cobertura de uma das sedes da Copa do Mundo de 2014, a usina tem capacidade instalada de 1.320 kW, sendo, à época de sua construção, a maior usina fotovoltaica do mundo construída sobre a cobertura de um estádio.

O Est√°dio Governador Magalh√£es Pinto, conhecido como Mineir√£o, √© um bem tombado pelo IPHAN (Instituto do Patrim√īnio Hist√≥rico e Art√≠stico Nacional) e possui uma arquitetura complexa e marcante, o que contribui para que o projeto da usina seja um interessante exemplo de solu√ß√Ķes em engenharia no setor.

O empreendimento foi viabilizado por convênio entre a Cemig, governo do estado de Minas Gerais e a concessionária do estádio, Minas Arena. Sua concepção original contou com a parceria da Universidade Federal de Santa Catarina através do Instituto Ideal e o projeto básico foi desenvolvido pela consultoria alemã Lahmeyer. O projeto executivo e a obra foram feitos por uma empresa portuguesa, vencedora de concorrência internacional julho de 2012.

A UFV Mineirão entrou em operação, após comissionamento, em 25 de abril de 2014.
Com potência instalada de 1420 kWp, possui fator de capacidade aproximado de 14%. Os 5910 módulos fotovoltaicos de 240 Wp de tecnologia de silício policristalino, ocupam uma área de 9500 m2, sendo este valor 60% da área total da cobertura do estádio.

A energia solar, convertida em energia el√©trica pelos m√≥dulos fotovoltaicos, segue para os 88 inversores de 15 kW distribu√≠dos ao longo do est√°dio, encaminhada para as subesta√ß√Ķes elevadoras e posteriormente para a rede de 13,8 kV, escoando essa energia para o est√°dio e outros consumidores da Distribuidora.

A CEMIG GT possui 100% do capital social da usina, no entanto, o convênio com a concessionária do estádio prevê o repasse de 10% da energia gerada pela planta contribuindo, entre outros benefícios intangíveis, para a manutenção do certificado de sustentabilidade do estádio (Certificação LEED).