APP Cemig Atende

Baixe na App Store

Baixe na Play Store

Clique aqui Clique aqui

Cemig investe mais de R$ 900 mil em energização de subestação da Copasa em Brumadinho

.Milhares de clientes da Grande BH serão beneficiados pela obra

Concluímos mais uma importante conexão de clientes na Região Metropolitana de Belo Horizonte. 

Com a energização da subestação da Copasa em Brumadinho, demonstramos a nossa capacidade de viabilizar as melhores soluções em energia para clientes, de todos os portes, e de contribuir para o crescimento da atividade econômica do estado de Minas Gerais.

O empreendimento contou com investimento de R$ 913 mil e com a nossa ampla participação em todas as etapas: análise de viabilidade, avaliação e aprovação dos projetos, fiscalização da obra e comissionamento e testes em equipamentos, garantindo todos os critérios de conformidade necessários. “A solução técnica desenvolvida pela Cemig viabilizou a implantação do empreendimento com o aproveitamento da infraestrutura local e a conexão por meio de uma linha de distribuição de energia com o menor custo financeiro e menor impacto ambiental”, explica o nosso Gerente de Relacionamento com os Clientes de Alta Tensão de Grande Porte, Leopoldo José Fiorizio Sette.

A energização da subestação de Brumadinho, realizada em fevereiro, permitirá o acionamento dos conjuntos de motobombas da nova captação no Rio Paraopeba, responsável por transportar a água bruta até a Estação de Tratamento de Água do Rio Manso. “Essa nova captação proporcionará maior flexibilidade operacional, resiliência e segurança no abastecimento da população da Região Metropolitana de Belo Horizonte, especialmente em períodos de prolongada estiagem”, explica o Gerente de Empreendimentos de Grande Porte da Copasa, Márcio de Castro Brant Moraes.

A operação do sistema de captação de água existente no Rio Paraopeba estava suspensa desde que os rejeitos do rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão, de propriedade da mineradora Vale, atingiram a região, em 2019, gerando preocupação quanto à possibilidade de desabastecimento de água em Belo Horizonte e entorno. Após acordo com Copasa, Ministério Público e a nossa companhia, a Vale responsabilizou-se pela construção do novo sistema de captação como forma de reparação à sociedade, incluindo também a construção da subestação e da linha de distribuição para suprimento de energia elétrica.