APP Cemig Atende

Baixe na App Store

Baixe na Play Store

Clique aqui Clique aqui

Projeto de P&D da Cemig promove criação colaborativa de base de conhecimentos sobre ativos da companhia

.Ferramentas permitem integração e interoperabilidade entre sistemas computacionais da empresa.

A promo√ß√£o da interoperabilidade entre bases de dados, integrando todas as informa√ß√Ķes geradas ao longo do ciclo de vida dos ativos da empresa ‚Äď desde a concep√ß√£o, o planejamento e a entrada em produ√ß√£o, at√© seu descomissionamento ‚Äď ainda constitui um grande desafio para as concession√°rias do setor el√©trico. Esse desafio envolve vencer os silos informacionais corporativos e estabelecer uma terminologia compartilhada e fundamentada que evite inconsist√™ncias e erros. Pensando nisso, a Cemig desenvolveu o projeto de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) ‚ÄúD0645 – Solu√ß√£o para Gest√£o de Dossi√™s T√©cnicos do Grupo Cemig‚ÄĚ, uma parceria com o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunica√ß√Ķes (CPqD), dentro do Programa de P&D regulado pela Ag√™ncia Nacional de Energia El√©trica (Aneel).

O projeto foi concebido para estabelecer uma solução corporativa para a gestão de documentos técnicos. Durante a fase de execução e desenvolvimento das ferramentas planejadas, observou-se uma oportunidade de criação inovadora e, ao mesmo tempo, colaborativa para aplicação na base de conhecimentos sobre ativos da empresa.

O t√©cnico de Sistemas de Qualidade da Cemig, Carlos Alberto de Sousa, que √© gerente do projeto por parte da companhia, exalta o trabalho realizado e o resultado alcan√ßado. ‚ÄúEm um mundo cada vez mais digitalizado, o produto desenvolvido pelo projeto foi acertado e promissor, pois estabelece uma terminologia compartilhada que permite que informa√ß√Ķes sobre os ativos sejam ‚Äėconectadas‚Äô para que os sistemas complementares ‚Äėconversem‚Äô entre si e, assim, assegura sua interoperabilidade por meio de um tipo de ‚Äėbarramento sem√Ęntico‚ÄĚ, explica.

Desenvolvimento

O projeto ‚Äď executado entre os anos de 2018 e 2020 ‚Äď teve como origem a necessidade de gerenciar os dossi√™s t√©cnicos da empresa, evoluindo para o desenvolvimento de uma estrutura de base que permitisse a integra√ß√£o de todas as informa√ß√Ķes dos ativos. Assim, o que era uma solu√ß√£o para a organiza√ß√£o na gest√£o dos seus documentos t√©cnicos evoluiu e o escopo foi ampliado para o desenvolvimento de uma solu√ß√£o mais robusta, que permitisse criar uma integra√ß√£o sem√Ęntica em uma camada distinta e acima dos diferentes sistemas computacionais da empresa, possibilitando a interoperabilidade entre eles.

Carlos Alberto explica que, nessa nova janela de oportunidade tecnol√≥gica do ‚Äúbarramento sem√Ęntico‚ÄĚ, foram concebidas, desenvolvidas e testadas ferramentas para fundamentar essa integra√ß√£o e promover a cria√ß√£o colaborativa de uma base de conhecimentos sobre esses ativos. ‚ÄúO projeto utilizou uma combina√ß√£o de metodologias de design thinking para identifica√ß√£o do desafio e caracteriza√ß√£o dos perfis de uso da solu√ß√£o, passando pelo uso de metodologias de desenvolvimento e valida√ß√£o de artefatos ontol√≥gicos, apoiados em outros recursos sem√Ęnticos para cria√ß√£o de mecanismos de registro e rastreabilidade baseados em um blockchain‚ÄĚ, esclarece o especialista.

Resultados

Os resultados obtidos e explicitados na conclus√£o do projeto foram considerados ‚Äúexcepcionais‚ÄĚ pela equipe envolvida. ‚ÄúUma ontologia para o setor energ√©tico se materializou por meio de uma wiki sem√Ęntica e de uma moeda digital corporativa, para promover a colabora√ß√£o na constru√ß√£o e manuten√ß√£o da base de representa√ß√£o do conhecimento organizacional sobre ativo do setor de energia el√©trica‚ÄĚ, diz Carlos Alberto.

A solu√ß√£o foi concebida para assegurar a adequada contabiliza√ß√£o e gest√£o das informa√ß√Ķes, visando assegurar que as concession√°rias extraiam ainda mais valor da base de ativos. ‚ÄúPara validar a solu√ß√£o, foi obtida uma prova de conceito envolvendo a integra√ß√£o da ontologia de refer√™ncia a distintas bases de dados relacionais e √† realiza√ß√£o exitosa dos casos de uso propostos de recupera√ß√£o sem√Ęntica de informa√ß√Ķes de ativos‚ÄĚ, concluiu.

Os produtos do P&D D0645 incluem, ainda, vasto material t√©cnico e cient√≠fico. O projeto teve custo total da ordem de R$ 2,2 milh√Ķes, sendo 93% deste valor aportados pela Cemig, por meio de recursos do Programa de P&D regulado pela Aneel.

 

Marcas Cemig