APP Cemig Atende

Baixe na App Store

Baixe na Play Store

Clique aqui Clique aqui

Cemig se une ao Instituto HaHaHa para levar alegria e economia a hospitais

Intervenções com dupla de palhaços ocorrem em hospitais da Grande BH; instituições visitadas já receberam ações do Programa de Eficiência Energética, que tem como objetivo reduzir desperdício de energia

A Cemig está levando a energia do riso aos hospitais públicos e filantrópicos beneficiados com iniciativas do Programa de Eficiência Energética da companhia. Essa ação, que já ocorreu em anos anteriores, ganha, novamente, os corredores das instituições de saúde da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Com a ajuda dos palhaços especializados em besteirologia do Instituto HaHaHa, a companhia busca tornar mais leve o dia de pacientes, acompanhantes e profissionais de saúde.

Nesta semana, a iniciativa chegou ao Hospital Alberto Cavalcanti, localizado no bairro Padre Eustáquio, em Belo Horizonte. Com muita alegria, uma dupla de palhaços do HaHaHa conduziu a intervenção que leva, de forma lúdica, uma mensagem sobre a energia e seu uso consciente. Sem obviedades, os doutores da alegria utilizam, por exemplo, um transfusor de energia para garantir que todos estejam animados à espera da cura.

Até o final do ano, dez hospitais da Grande Belo Horizonte serão atendidos com a intervenção. Recentemente, o Hospital Luxemburgo (Mario Penna), o Hospital Governador Israel Pinheiro (IPSEMG), a Clínica de Transição Paulo de Tarso e o Hospital Infantil l João Paulo II foram atendidos com ações que buscam mitigar ou eliminar o desperdício de energia, como é o caso da modernização de lâmpadas ineficientes por outras de LED, mais econômicas.

Outras ações de eficientização muito importantes são aquelas relacionadas à troca de equipamentos de esterilização de instrumentos hospitalares, as autoclaves, e de equipamentos de lavanderia, as calandras e secadoras. Além disso, algumas unidades de saúde receberam usinas de geração solar fotovoltaica, tornando os hospitais mais sustentáveis.

Todas as ações citadas, vale lembrar, são possíveis graças aos investimentos do Programa de Eficiência Energética da Cemig, regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica. Além da redução do desperdício de recursos energéticos, a eficientização contribui para que os hospitais possam reduzir seus gastos com a fatura de energia e aplicar essa economia em outras áreas de atendimento ao público.

Responsabilidade social

Segundo o gerente de Eficiência Energética da Cemig, Ronaldo Lucas Queiroz, levar a eficiência energética aos hospitais é uma das formas de contribuir para a melhoria da qualidade do atendimento de saúde. Mas, pensando na responsabilidade social da Cemig, é possível ir além. “Essa é uma forma leve de falar sobre a energia. As músicas e brincadeiras reafirmam nosso compromisso com a preservação dos recursos e de transformar vidas com a nossa energia”, afirma Queiroz.

Para o coordenador do grupo de artistas do Instituto HAHAHA, Eliseu Custódio, a temática de energia se relaciona em diversos sentidos com a palhaçaria. “Quando os palhaços iniciam o trabalho pelo hospital, há uma transmissão da energia do afeto e vibrações que suscitam as qualidades humanas mais necessárias para o restabelecimento da saúde e da vitalidade”, avalia.

 

Cemig nos Hospitais

O respeito à vida é um dos principais valores da Cemig, e empresa tem ampliado, cada vez mais, seus investimentos em vários segmentos para contribuir com o bem-estar dos seus quase 9 milhões de clientes em Minas Gerais. Um exemplo disso é que a Cemig vai investir R$ 67 milhões em hospitais públicos e filantrópicos que atendem à sociedade mineira na área de concessão da companhia.

O Cemig nos Hospitais, projeto responsável pelos investimentos, faz parte do Programa de Eficiência Energética e é regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Por meio dele, diversos equipamentos ineficientes serão substituídos por outros mais econômicos, eficientes e modernos, tornando o uso da energia mais sustentável nas instituições de saúde.

Nos próximos dois anos, os recursos possibilitarão a modernização de cerca de 500 mil lâmpadas, 50 autoclaves, 75 focos cirúrgicos, 50 calandras e 40 secadoras, sendo esses equipamentos fundamentais para a segurança dos processos de higienização de roupas e instrumentos hospitalares. Além disso, a companhia vai instalar 29 usinas solares fotovoltaicas. Os equipamentos substituídos, vale lembrar, são destinados à correta reciclagem.

Crédito da foto: Mariana Bastani Ribeiro.
Sugestão de legenda: Grupo HaHaHa leva alegria para os hospitais em Minas Gerais.

Marcas Cemig

                

CONTEÚDO RELACIONADO