APP Cemig Atende

Baixe na App Store

Baixe na Play Store

Clique aqui Clique aqui

Cemig participa de projeto P&D para aprimorar planejamento de expansão do sistema elétrico

.Parceria entre empresas permite selecionar alternativas mais sustentáveis de expansão do sistema de geração

Foi conclu√≠do, no √ļltimo m√™s, o projeto Matriz Energ√©tica e Aprimoramento da Sistem√°tica de Inser√ß√£o Ambiental no Planejamento da Expans√£o do Sistema El√©trico ‚Äď ou ‚ÄúProjeto Sinapse‚ÄĚ. Trata-se de uma parceria entre v√°rias empresas do setor el√©trico – proposta pela Companhia Energ√©tica Candeias, com participa√ß√£o da Cemig – dentro do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnol√≥gico (P&D) regulado pela Ag√™ncia Nacional de Energia El√©trica (ANEEL). O objetivo da iniciativa foi desenvolver uma metodologia para a an√°lise integrada de aspectos t√©cnicos-econ√īmicos e socioambientais associados ao planejamento da gera√ß√£o de energia el√©trica em m√©dio e longo prazos, baseando-se em indicadores de competitividade e sustentabilidade das diferentes fontes geradoras. O projeto contribui para aprimorar a sistem√°tica de inser√ß√£o da vari√°vel ambiental no planejamento da expans√£o da oferta de energia el√©trica no Brasil.

O Projeto Sinapse foi executado entre dezembro de 2017 e junho de 2020, com custo total da ordem de R$ 2,6 mi. A Cemig contribuiu com 7,71% desse valor. ‚ÄúA inser√ß√£o de sustentabilidade no planejamento requer um s√≥lido arcabou√ßo metodol√≥gico, com recomenda√ß√Ķes que reduzam as dificuldades para implantar novos empreendimentos. Essa foi a motiva√ß√£o para essa pesquisa que, al√©m da Cemig, contou com as executoras Coppe/UFRJ, Diversa Consultoria em Sustentabilidade, MRTS Consultoria, Sinerconsult e WeSee‚ÄĚ, explica Gabriel Mallab, engenheiro de Meio Ambiente da Cemig e representante da companhia no projeto cooperado.

A concep√ß√£o do projeto se deu no Grupo de Trabalho de Meio Ambiente da Associa√ß√£o Brasileira dos Produtores Independentes de Energia El√©trica (APINE), que conta com participa√ß√£o da Cemig. Os resultados j√° s√£o observados, como a cria√ß√£o da matriz de indicadores de sustentabilidade de fontes de gera√ß√£o, que possibilita a constru√ß√£o dos √ćndices de Sustentabilidade de Fontes de Gera√ß√£o de Energia El√©trica e permite que vari√°veis ambientais sejam tamb√©m fatores quantitativos, assim como os t√©cnicos e econ√īmicos, no planejamento.

Melhor planejamento do setor elétrico

A metodologia e o modelo propostos ser√£o aplic√°veis tanto nas etapas de prepara√ß√£o e de elabora√ß√£o dos planos de expans√£o da gera√ß√£o, quanto na avalia√ß√£o de alternativas de expans√£o propostas. ‚ÄúA metodologia tamb√©m ser√° √ļtil na avalia√ß√£o dos benef√≠cios e preju√≠zos ao meio ambiente advindos da implanta√ß√£o de uma usina ‚Äď seja hidrel√©trica, termel√©trica, fotovoltaica, e√≥lica ou nuclear – o que permitir√° selecionar alternativas de expans√£o do sistema de gera√ß√£o mais sustent√°veis, por meio de indicadores de impactos ambientais, sociais e econ√īmicos, sem preju√≠zo para a modicidade tarif√°ria, nem para a atratividade dos investimentos em gera√ß√£o‚ÄĚ, detalha Gabriel. ‚ÄúA Cemig e a sociedade tendem a se beneficiar com um setor el√©trico mais bem planejado, o que motivou o desenvolvimento desse projeto e o interesse de diversas empresas em participar do seu estudo‚ÄĚ, completa o engenheiro.

Marcas Cemig