APP Cemig Atende

Baixe na App Store

Baixe na Play Store

Clique aqui Clique aqui

Cemig moderniza a iluminação de cerca de 300 escolas estaduais em Minas para volta às aulas 2023

Programa de Eficiência Energética garante salas confortáveis para alunos e profissionais da educação

As atividades escolares da rede pública estadual de ensino de Minas Gerais já retornaram neste mês de fevereiro. E, em quase 300 escolas de 43 cidades de diferentes regiões do estado, o ano letivo começou com as salas de aula mais iluminadas e confortáveis para milhares de alunos e profissionais da educação. Isso porque o projeto Cemig nas Escolas promoveu a substituição de lâmpadas mais antigas por outras de tecnologia LED.

De acordo com o gerente de Eficiência Energética da Cemig, Ronaldo Lucas Queiroz, o objetivo da iniciativa é conscientizar as pessoas e, nesse caso, a comunidade escolar, sobre o uso eficiente da energia.

“O Programa de Eficiência Energética da Cemig busca a implementação de tecnologias mais eficientes, duráveis e econômicas, mantendo o conforto que a energia elétrica oferece. Nós buscamos mostrar que é possível reduzir o desperdício, optando por equipamentos mais modernos”, explica o gerente. Especificamente no caso do Cemig nas Escolas, o gerente afirma, ainda, que “estar em um ambiente de transformação, como as instituições de ensino, reafirma o compromisso da Cemig com o desenvolvimento do estado”.

Ainda de acordo com Ronaldo Lucas, a ação também busca disseminar a cultura de economia de energia no ambiente escolar, fazendo com que os estudantes levem este exemplo para casa, incentivando os pais e responsáveis a praticar cada vez mais o uso inteligente e eficiente de energia elétrica.

Cemig nas Escolas

O Cemig nas Escolas é realizado por meio dos recursos do Programa de Eficiência Energética, regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Um dos principais benefícios da iniciativa é contribuir para a melhoria na qualidade do ensino devido à adequação da iluminação do ambiente de estudos.

Além disso, o projeto Cemig nas Escolas busca trabalhar a conscientização da redução do desperdício de energia e a necessidade de ampliação dos debates sobre energia renovável. Assim, de forma piloto, foram implantadas microusinas fotovoltaicas em escolas da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). A presença do equipamento nas escolas reflete o ensino da ciência e exemplifica as discussões sobre o tema, além de a energia gerada permitir um abatimento no consumo da rede estadual de ensino.

A iluminação de importantes prédios ligados à cultura e à educação em Minas Gerais, como a Biblioteca Pública Estadual e o Arquivo Público Mineiro, ambos localizados no Circuito Liberdade, em Belo Horizonte, também foi substituída pela Cemig.

 

Escolas beneficiadas

Desde que o projeto Cemig nas Escolas começou, mais de 2.700 unidades escolares da rede estadual localizadas na área de concessão da companhia já foram atendidas com a substituição de lâmpadas em todas as salas e demais espaços escolares, com investimentos que chegam a R$ 49,4 milhões. A previsão é de que todas as mais de 3,3 mil escolas estaduais mineiras sejam atendidas até o 2º semestre deste ano.

 Cemig moderniza a iluminação de cerca de 300 escolas estaduais em Minas para volta às aulas 2023
Crédito das fotos: Thobias Almeida

Sugestão de legenda: Além da economia para as instituições e conforto para estudantes e funcionários, o Cemig nas Escolas visa também incentivar os alunos a levarem a cultura da eficiência energética para casa, de forma a conscientizar cada vez mais pais e responsáveis da importância do uso responsável desse bem tão importante

Multimídia

Fonte do material multimídia: Welhiton Adriano de Castro Silva, engenheiro de Sustentabilidade e Eficiência Energética da Cemig

Google Drive.

 

Marcas Cemig

                

CONTEÚDO RELACIONADO