APP Cemig Atende

Baixe na App Store

Baixe na Play Store

Clique aqui Clique aqui

Cemig desenvolve projeto de P&D para otimizar operação e manutenção de usinas

.Iniciativa é parceria com outras empresas do setor e já apresenta resultados para a Geração da companhia

A Cemig se uniu a outras empresas do setor el√©trico em uma parceria para viabilizar a realiza√ß√£o do projeto de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) denominado ‚ÄúGT0596 – CS Cabe√ßa de S√©rie do Sistema de Registro de Informa√ß√Ķes Gerenciais (SRIG)‚ÄĚ. A iniciativa foi proposta pela AQTech Engenharia e Instrumenta√ß√£o, com participa√ß√£o da COPPEX Servi√ßos Especializados em Sistema El√©tricos de Pot√™ncia, al√©m da Cemig, dentro do programa de P&D regulado pela Ag√™ncia Nacional de Energia El√©trica (ANEEL), para o desenvolvimento de um sistema prot√≥tipo intitulado ‚ÄúSistema de Registro de Informa√ß√Ķes Gerenciais (SRIG)”. O SRIG √© composto por um conjunto de m√≥dulos de hardware e software que viabiliza o registro de informa√ß√Ķes gerenciais para apoio √† Opera√ß√£o e Manuten√ß√£o (O&M) de usinas de Gera√ß√£o.

Com custo total da ordem de R$ 2,9 milh√Ķes ‚Äď sendo 86% do valor financiado pela Cemig, por meio de recursos do Programa de P&D regulado pela ANEEL ‚Äď, o projeto teve in√≠cio em 2017, com previs√£o de conclus√£o em 2021, mas j√° apresenta resultados.

O objetivo da iniciativa √© o aperfei√ßoamento do prot√≥tipo obtido no projeto ‚ÄúGT 335 – DE Sistema de Registro de Informa√ß√Ķes Gerenciais para Pequenas Centrais Hidrel√©tricas (PCHs)‚ÄĚ, executado pela Cemig em parceria com a AQTech e a COPPEX e implantado na infraestrutura corporativa de Tecnologia da Informa√ß√£o da companhia, atendendo √† engenharia de manuten√ß√£o preditiva das usinas.

O aperfei√ßoamento do prot√≥tipo resultante do projeto GT 335, denominado √† √©poca de ‚ÄúSRIG-PCH Cemig‚ÄĚ, visa a melhoria da especifica√ß√£o e do desenho e arquitetura do produto, eliminando dificuldades identificadas para reprodu√ß√£o e aplica√ß√£o em escala, e est√° alinhada com demandas do setor el√©trico.

A evolu√ß√£o do sistema em termos de aplicabilidade para aproveitamentos h√≠dricos de PCHs e usinas hidrel√©tricas (UHE) e a expans√£o das funcionalidades para gest√£o de plantas h√≠dricas traz o estado da arte de sistemas Business Intelligence (BI) e Plant Information Management Systems (PIMS) para equipes da Cemig e contribui positivamente para o aumento da efici√™ncia das decis√Ķes de neg√≥cio da empresa.

O projeto engloba a aplica√ß√£o piloto do produto cabe√ßa de s√©rie na m√°quina 4 da UHE S√° Carvalho, da Cemig, localizada no munic√≠pio de Ant√īnio Dias, na regi√£o do Vale do Rio Doce, em Minas Gerais. Ap√≥s a conclus√£o do projeto, a Cemig ir√° obter um sistema que poder√° ser usado como modelo para melhoria dos processos internos de gera√ß√£o de energia e de gest√£o das usinas, por meio do monitoramento permanente dos sistemas de gera√ß√£o, com disponibiliza√ß√£o de informa√ß√Ķes gerenciais.

Resultados

O projeto j√° apresenta resultados relevantes. ‚ÄúCom o advento das novas leis de concess√Ķes no setor el√©trico, √© de especial import√Ęncia que as avalia√ß√Ķes de neg√≥cio ‚Äď retorno de investimento ou mesmo da sustentabilidade econ√īmica ‚Äď da Cemig sejam realizadas de maneira minuciosa e o mais pr√≥ximo poss√≠vel da realidade. Para a Cemig, al√©m da cabe√ßa de s√©rie do SRIG, j√° foram desenvolvidos dois cabe√ßas de s√©rie da unidade de aquisi√ß√£o de dados com fun√ß√Ķes de aquisi√ß√£o, registro e disponibiliza√ß√£o na forma digital e em rede das grandezas monitoradas na unidade geradora de energia. Eles s√£o compostos por hardware otimizado de processamento e digitaliza√ß√£o de sinais, m√≥dulos de condicionamento, interface de comunica√ß√£o tipo ethernet e software embarcado‚ÄĚ, explica Pedro Alberto Castello Branco Resende, engenheiro de Planejamento de Manuten√ß√£o Mec√Ęnica da Gera√ß√£o da Cemig e gerente do projeto pela companhia.

Tamb√©m j√° foi desenvolvido um cabe√ßa de s√©rie de software para o sistema de informa√ß√Ķes gerenciais e de publica√ß√£o dos dados. ‚ÄúO objetivo √© concentrar dados, estruturar informa√ß√Ķes e gerar relat√≥rios para an√°lise de desempenho do sistema gerador e se comunicar com o datacenter web‚ÄĚ, explica o respons√°vel pelo projeto.

Para a ind√ļstria, os resultados da pesquisa ser√£o refer√™ncia t√©cnica e experimental para a evolu√ß√£o e cria√ß√£o de produtos e servi√ßos voltados a aplica√ß√Ķes em plantas de gera√ß√£o de energia. ‚ÄúO setor industrial tamb√©m √© fortalecido pela gera√ß√£o de tecnologia nacional, agregando o estado da arte em sistemas de gest√£o de plantas geradoras baseadas em dados reais de opera√ß√£o‚ÄĚ, completa Pedro.

O setor el√©trico tamb√©m se beneficia do projeto. √Č o que explica o engenheiro: ‚ÄúAtualmente, as hidrel√©tricas representam cerca de 70% da gera√ß√£o de energia no Brasil, o que demostra a import√Ęncia de se aproveitar melhor esta capacidade de gera√ß√£o de energia, considerada uma fonte renov√°vel com impactos ambientais relativamente reduzidos. Observa-se no mercado internacional uma tend√™ncia mais agressiva do mercado de comercializa√ß√£o da energia, onde s√£o aplicados sistemas complexos de acompanhamento da demanda, de monitoramento da gera√ß√£o e de otimiza√ß√£o da rentabilidade das usinas de gera√ß√£o de energia el√©trica. Esta tend√™ncia conduz a um reflexo no mercado brasileiro, que oportuniza espa√ßo para as solu√ß√Ķes como a proposta neste projeto‚ÄĚ, avalia.

 

Marcas Cemig