APP Cemig Atende

Baixe na App Store

Baixe na Play Store

Clique aqui Clique aqui

Cemig desenvolve projeto de P&D para contribuir no combate a incêndios

.Tecnologia utiliza c√Ęmeras para monitorar vegeta√ß√£o do estado em tempo real

A Cemig est√° investindo no desenvolvimento de um projeto para inspecionar as √°reas de vegeta√ß√£o e combater inc√™ndios no estado. Ser√° criado um site para monitoramento de inc√™ndios ambientais, unindo intelig√™ncia artificial e intera√ß√£o volunt√°ria da sociedade. Trata-se do P&D ‚ÄúD0619 – Monitoramento ambiental por vis√£o computacional aplicado a situa√ß√Ķes reais‚ÄĚ, proposto pela companhia dentro do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) regulado pela Ag√™ncia Nacional de Energia El√©trica (Aneel). A iniciativa vem sendo executada desde o ano de 2018, em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Gaia Solu√ß√Ķes em Engenharia. A previs√£o de conclus√£o do projeto √© ainda em 2021.

O monitoramento ambiental por meio de c√Ęmeras digitais conectadas √† internet pode prevenir falhas no sistema el√©trico, evitando que inc√™ndios alcancem a rede e ajudando a proteger √°reas de preserva√ß√£o ambiental. √Č o que explica Carlos Alexandre Meireles do Nascimento, engenheiro da Cemig e gerente do projeto pela companhia. ‚ÄúO projeto surgiu do intuito de aproximar a sociedade do setor el√©trico, permitindo o monitoramento ambiental via web agregado ao fornecimento de energia para a popula√ß√£o‚ÄĚ, afirma.

Um prot√≥tipo de funcionalidade do site j√° foi desenvolvido e opera em car√°ter experimental com mais de 100 volunt√°rios j√° cadastrados. Dispon√≠vel no endere√ßo ‚Äúapagaofogo.eco.br‚ÄĚ, a p√°gina permite que o usu√°rio assista a v√≠deos em tempo real e, confirmando focos de inc√™ndio, acione o Corpo de Bombeiros com apenas um clique. Esta intera√ß√£o ajuda a treinar a intelig√™ncia artificial empregada na ferramenta, que j√° conta com detec√ß√£o autom√°tica de focos de fuma√ßa e fogo, utilizando aprendizado profundo de m√°quina, tecnologia que est√° prestes a superar a vis√£o humana na detec√ß√£o de inc√™ndios.

Atualmente, o sistema conta com uma c√Ęmera monitorando a mata da UFMG e tr√™s c√Ęmeras monitorando o Parque Estadual Serra Verde, em Belo Horizonte. Diversos focos de inc√™ndios j√° foram identificados pelo software, sendo dois deles de grandes propor√ß√Ķes no parque Serra Verde. ‚ÄúNo final do ano passado, mais duas c√Ęmeras foram implantadas na UniverCemig, no munic√≠pio de Sete Lagoas, para dissemina√ß√£o interna da ruptura tecnol√≥gica desenvolvida‚ÄĚ, comenta o gerente do projeto.

No momento, a UFMG forma dois doutores e um mestre no tema do projeto, al√©m de equipar laborat√≥rios e gerar publica√ß√Ķes cient√≠ficas. J√° a Gaia, em processo de licenciamento da tecnologia ‚Äúapagaofogo.eco.br‚ÄĚ, ir√° agregar um novo produto ao seu portf√≥lio, com possibilidades de comercializar a tecnologia com empresas como Vale, Samarco e Ra√≠zen.

Próximos passos

Para a conclus√£o do projeto, est√£o previstos o aprimoramento do site, incluindo um aplicativo de celular para melhor notifica√ß√£o e intera√ß√£o volunt√°ria com o usu√°rio, e a incorpora√ß√£o ao sistema de c√Ęmeras de monitoramento ambiental no Parque Estadual da Serra do Rola-Mo√ßa, nos munic√≠pios de Belo Horizonte, Nova Lima e Brumadinho, al√©m do cont√≠nuo aprimoramento da rede neural utilizada para detectar inc√™ndios.

Os softwares do projeto foram registrados no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e encontram-se em fase de licenciamento para comercializa√ß√£o. ‚ÄúExistem diversas possibilidades de extens√£o do projeto, como processamento no local das c√Ęmeras e uso de drones no combate aos inc√™ndios, que ser√£o devidamente consideradas no momento oportuno por meio de novos projetos de P&D‚ÄĚ, avalia Carlos Alexandre.

A iniciativa tem o custo total da ordem de R$ 2,3 milh√Ķes. A Cemig contribuiu com cerca de 81% desse valor, por meio de recursos do programa de P&D regulado pela Aneel.

Marcas Cemig