APP Cemig Atende

Baixe na App Store

Baixe na Play Store

Clique aqui Clique aqui

Cemig esclarece informações sobre a operação da UHE Irapé

.Cemig esclarece informações sobre a operação do reservatório da Usina Hidroelétrica de Irapé devido ocorrência de cheias na bacia do Rio Jequitinhonha

A Cemig esclarece que a UHE Irapé, localizada no Rio Jequitinhonha próxima aos municípios de Berilo, Grão Mogol e Coronel Murta, na região nordeste de Minas Gerais, está operando em condições normais. Desta forma, não está prevista a abertura de comportas para controle de nível do reservatório mediante a ocorrência de cheias na bacia do Rio Jequitinhonha neste início de dezembro.

Em 09/12/2021 o reservatório da UHE Irapé, que é considerado como sendo um reservatório de acumulação, estava operando com 27,79% de sua capacidade máxima, com política de defluência (liberação de vazão) minimizada para permitir a recuperação do reservatório ao longo da estação chuvosa.

Circularam notícias vias WhatsApp, atribuindo à Cemig a informação de que a UHE Irapé abriria comportas e estaria com 98% de capacidade, o que poderia causar inundações nos municípios situados no leito do Rio Jequitinhonha. Esta informação é falsa e a Cemig repudia a divulgação de tais informações que não condizem com a realidade operativa da usina. As informações operativas da UHE Irapé estão disponíveis à população através do site oficial da Companhia e do aplicativo Prox, disponível de forma pública e gratuita para Android e iOS.

Em 08/12/2021 a defluência média da usina foi de apenas 55 m³/s, enquanto as afluências ao reservatório se aproximaram de 350 m³/s. Na manhã de hoje, 09/12/2021, as afluências superaram 600 m³/s, com o reservatório cumprindo seu papel de amortecimento de afluências, fazendo a contenção de uma cheia potencial. Para os próximos dias, as previsões indicam a permanência de chuvas, com as vazões afluentes se mantendo em patamares elevados e o reservatório armazenando a maior parte do volume recebido.

Ao longo de 2021 o reservatório da UHE Irapé foi utilizado para atendimento à demanda de energia do Sistema Interligado Nacional, tendo atingido um armazenamento mínimo de 20,29% no final de novembro, conforme gráfico a seguir.

Conforme exibido no gráfico de armazenamentos do último ano, acima, o volume útil atual da UHE Irapé é substancialmente inferior à capacidade máxima da usina (100%) e ao volume máximo verificado ao final da última estação chuvosa (58%).

A expectativa de afluências (vazões que chegam ao reservatório) durante a estação chuvosa indica que teremos vazões próximas ou superiores à média histórica da região, e o reservatório da UHE Irapé será capaz de ganhar armazenamento e finalizar a estação chuvosa em situação melhor do que a última estação chuvosa.

Em caso de necessidade de abertura de comportas, o que não é o caso neste momento, a Cemig fará comunicações antecipadas com as coordenadorias Municipais de Proteção e Defesa Civil, de acordo com os procedimentos operativos vigentes e Planejamento Anual de Prevenção de Cheias, realizado em conjunto com o Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS.