APP Cemig Atende

Baixe na App Store

Baixe na Play Store

Clique aqui Clique aqui

.A escassez de chuvas aumenta ainda mais o risco. Saiba como proceder!

Queimadas, apesar de proibidas, ainda ocorrem em muitos locais do estado. Esse crime pode causar problemas à rede elétrica, interromper a transmissão para hospitais, residências e comércios, prejudicar a natureza e provocar graves acidentes.

Os incêndios podem provocar danos à rede elétrica e interromper o fornecimento de energia para hospitais, comércios, residências, estradas e até deixar cidades inteiras sem energia. Quando ocorrem danos a postes e cabos condutores, é necessária a substituição dos equipamentos, o que causa demora na religação e coloca em risco a vida e a segurança de milhares de pessoas. A prática é crime e pode dar cadeia.

“Além dos danos ao setor elétrico, as queimadas prejudicam a segurança dos motoristas, que têm a visibilidade das pistas comprometida, e, no ambiente rural, reduzem a produtividade nas áreas de cultivo, além de causar impacto na fauna e no habitat natural de animais”, alerta o gerente de Saúde e Segurança do Trabalho da Cemig, João José Magalhães Soares.

Algumas medidas simples podem ser tomadas pela população para conter os riscos, como:

  • A pagar com água o resto do fogo em acampamentos, para evitar que o vento leve as brasas para a mata;
  • Não jogar pontas de cigarros acesas na estrada ou em áreas rurais;
  • Não deixar garrafas plásticas ou de vidro expostas ao sol em áreas com vegetação porque estas podem criar focos de incêndio. 

A Cemig lembra, ainda, que é proibido o uso de fogo em áreas de reservas ecológicas, preservação permanente e parques florestais.

Em caso de incêndios, a Cemig (116) e o Corpo de Bombeiros (193) devem ser avisados o mais rápido possível. 

Queimada é crime! Denuncie. Ligue 181.