APP Cemig Atende

Baixe na App Store

Baixe na Play Store

Clique aqui Clique aqui

Cemig e Codau assinam contrato para fornecimento de energia no mercado livre

.Acordo vai propiciar uma economia garantida de aproximadamente R$ 20 milhões para a companhia de saneamento de Uberaba

A Cemig e a Companhia Operacional de Desenvolvimento, Saneamento e Ações Urbanas (Codau) assinaram contrato para fornecimento de energia no mercado livre com condições que resultarão em grande economia de custos na aquisição de energia elétrica.

A Codau escolheu a Cemig, como seu fornecedor no mercado livre, por ter apresentado a melhor oferta de preços no segmento, além de fornecer todo apoio técnico na migração e o certificado de energia renovável.

A Cemig propícia aos clientes do poder público uma condição de fornecimento de energia renovável no mercado livre sem riscos adicionais, com a garantia de uma economia em relação aos custos do ambiente de contratação regulado.

A Codau é responsável pelos serviços de saneamento para cerca de 340 mil pessoas que vivem em Uberaba, e a primeira autarquia municipal a contratar esse novo produto na região. As condições oferecidas pela Cemig viabilizaram uma economia prevista de cerca de R$ 20 milhões.

O diretor da Cemig Comercialização, Dimas Costa, explica que diversos clientes do poder público têm buscado a Cemig para melhorarem seus custos e poderem assegurar que estão utilizando energia renovável em suas instalações. De acordo com a regulação do setor elétrico, os consumidores atendidos com tensão superior a 2,3 kilovolts (kV) e carga maior que 500 kilowatts (kW) são elegíveis ao mercado livre.

A partir de uma pesquisa sobre o perfil dos consumidores de energia, a Cemig desenvolveu a possibilidade de contratação de energia com condições específicas para as empresas e órgãos públicos.

Sobre a quantidade de energia mensal, o produto entrega o que o consumidor precisa, sem necessidade de consumo mínimo ou limite de volume. O preço é um percentual do que representaria o custo no mercado regulado, o que garante, todo mês, uma economia em relação ao fornecimento pela distribuidora.

Os clientes da Cemig no mercado livre têm à sua disposição agentes de relacionamento que cuidam de todas as suas demandas e fazem as orientações para que a migração ocorra dentro dos prazos e requisitos previstos.

“Já estamos, junto com a Codau, providenciando a documentação e ações necessárias à adesão à Câmara de Comercialização de Energia Elétrica ( CCEE), além da Cemig representar a Codau na CCEE, sem qualquer tipo de ônus”, conta Clayton Martins Soares, agente de relacionamento do mercado incentivado da Cemig.

A Cemig atua no mercado livre desde 2005 e, por meio da Cemig Comercialização, possui, atualmente, clientes em 25 estados e no Distrito Federal. É a líder de vendas a clientes finais no mercado livre, tendo ultrapassado em 2021 o volume de 1.000 MW médios de energia vendida no mercado incentivado.

Trata-se de uma marca inédita para o mercado e especialmente para a companhia, que vem incrementando suas vendas para esse segmento de forma contínua desde 2010. De acordo com a CCEE, o mercado de consumidores especiais no Brasil possui hoje contratações da ordem de 4.000 MW médios. Assim, a Cemig detém cerca de 25% desse segmento, parcela que representa o maior marketshare entre geradores e comercializadores. Para 2022, já foram contratados 1500 MW médios, ampliando a participação.

Os números são significativos, pois a demanda pela energia incentivada é pulverizada nos clientes de menor porte. Dessa forma, para chegar à marca de 1.000 MW médios vendidos em contratos, a Cemig conquistou mais de 1,3 mil clientes, o que permitiu o atendimento a 3.350 unidades consumidoras.