Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Cemig promove evento para preservação de espécie vegetal ameaçada
 O faveiro-de-wilson é uma árvore típica da região Central de Minas Gerais, que se encontra em perigo de extinção 


29/09/17
 
A Cemig, em parceria com a Fundação Zoobotânica de Belo Horizonte (FZB-BH) e o Instituto Estadual de Florestas (IEF), realizou, esta semana, o Dia de Campo Faveiro-de-Wilson, no campus da UniverCemig, em Sete Lagoas (MG). O faveiro-de-wilson é uma árvore típica da região Central de Minas Gerais, que se encontra em perigo de extinção e requer ações de conservação urgentes para a sua sobrevivência. Atualmente, essa espécie possui apenas 246 indivíduos conhecidos no país. 
 
Pedro Mendes Castro, engenheiro de meio ambiente da Cemig, destaca que o evento teve o objetivo de difundir boas práticas do manejo da vegetação e a importância da harmonização entre a rede e espécies arbóreas, nesse caso o faveiro-de-wilson. O primeiro dia de evento foi direcionado aos empregados e prestadores de serviços da Cemig, que lidam diariamente com projeto de linhas e redes e manutenção de faixas de passagem. Já o segundo dia, foi direcionado para estudantes, professores e profissionais do Instituto Estadual de Florestas e de Organizações Não Governamentais (ONGs).  
 
De acordo com Fernando Fernandes, engenheiro florestal da FZB-BH e coordenador do programa de conservação do faveiro-de-wilson no Jardim Botânico de BH, essa foi uma oportunidade de disseminar e conscientizar parceiros sobre a importância da preservação da espécie e do seu habitat, que são áreas de transição do cerrado para a mata atlântica.
 
Risco de extinção
O faveiro-de-wilson chegou próximo à extinção devido à destruição das matas e expansão das cidades.  Por ser considerada uma árvore rara e estar ameaçada, a espécie não pode ser cortada e é legalmente protegido pelo Decreto Lei nº 43904 de 2004. Segundo Fernandes, foi criado também um Plano de Ação Nacional​​​  para conservação do faveiro-de-wilson. O material é direcionado principalmente para essa espécie, contudo as ações de conservação relacionadas ao seu hábitat poderão beneficiar outras 28 espécies ameaçadas de extinção e 13 quase ameaçadas. 


A Cemig, em parceria com a Fundação Zoobotânica de Belo Horizonte (FZB-BH) e o Instituto Estadual de Florestas (IEF), ​lutam pela preservação do faveiro de wilson


Fale com a Cemig : ligue 116 | Fora do Estado de Minas Gerais: 0800 721 0116   |   Deficientes auditivos: 0800 723 8007

Copyright Cemig - Todos os direitos reservados