Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
​​Cemig destaca segurança com a rede elétrica nas residências durante epidemia do coronavírus
População deve ficar bem atenta ao uso da energia neste período de isolamento social
 
Com o avanço do coronavírus em todo mundo, a recomendação dos órgãos de saúde é de que a população fique em casa. Desta forma, é preciso ficar atendo à utilização da energia elétrica que neste período será de vital importância para o conforto e entretenimento das pessoas. Por isso, a Cemig listou uma série de dicas para garantir a segurança com a rede elétrica.
 
 De acordo com dados do Anuário 2019 da Associação Brasileira de Conscientização para Perigos da Eletricidade (Abracopel), os ambientes familiares são os principais causadores de acidentes fatais com origens elétricas no Brasil. Somente no ano passado, foram 228 mortes em todo o país. Em Minas Gerais, foram dez ocorrências de choques elétricos dentro de residências com oito mortes.
 
O gerente de Saúde e Segurança do trabalho da Cemig, João José Magalhães, destaca que as “gambiarras” nas instalações elétricas são totalmente desaconselháveis e perigosas. “Esses improvisos são inseguros e aumentam muito a chance de sobrecarga e consequentemente a possibilidade de acontecer acidentes”, afirma.
 
Caso haja a necessidade de se ligar vários equipamentos em uma mesma tomada, o ideal é a utilização de um filtro de linha que, em caso de sobrecarga de energia, irá se desligar automaticamente.  Mas vale destacar que os filtros de linha podem ser utilizados desde que seu dispositivo interno de proteção esteja operante e não tenha sofrido alterações.
 
A utilização de equipamentos elétricos e eletrônicos no banheiro também requer bastante cautela. “A água é uma grande condutora de energia elétrica. Dessa forma, após sair do chuveiro, as pessoas devem evitar utilizar o uso de secadores, barbeadores elétricos e chapinhas. Esses equipamentos só devem ser utilizados quando a pessoa estiver totalmente seca”, comenta Magalhães.
 
Neste período em que as crianças estão mais tempo em casa é preciso ter muita atenção. Um artefato que pode ajudar bastante em casa é o protetor de tomada, principalmente em famílias com crianças pequenas e animais de estimação. Esses dispositivos são encontrados facilmente em lojas especializadas a preços muito acessíveis.
 
Magalhães também faz recomendações em relação aos dispositivos móveis. Aparentemente, inofensivos, esse tipo de equipamento pode causar acidentes graves. Somente no ano passado, conforme dados da Abracopel, foram 19 acidentes com carregamento de celular e 15 mortes.
 
O gerente da Cemig alerta carregamento de tais aparelhos deve ser feito sobre uma superfície lisa e bem ventilada, livre de materiais combustíveis como tecidos de toalhas de mesa, colchas de camas e forros de sofás, dentre outros. “Em caso de princípio de incêndio, os materiais queimarão com facilidade e propagarão as chamas a outros cômodos da casa ou do apartamento”, afirma.
 
A Cemig alerta também à população que, em caso de necessidade de qualquer manutenção na rede elétrica, é importante que o disjuntor seja desligado para reduzir as chances de acidentes com a eletricidade. Além disso, é sempre importante lembrar: sempre que for necessário esse tipo de manutenção, sempre procure um profissional especializado.

Fale com a Cemig : ligue 116 | Fora do Estado de Minas Gerais: 0800 721 0116   |   Deficientes auditivos: 0800 723 8007

Copyright Cemig - Todos os direitos reservados