Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal

CEMIG responde

 
1 – Qual a data em que a Cemig realiza a leitura do relógio (medidor de energia) ?
 
A leitura é realizada conforme calendário próprio que é aprovado pela ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica. Na sua Nota Fiscal/Conta de Energia Elétrica há informações sobre a programação: data da leitura anterior, data da leitura atual e data da próxima leitura. 

 

 


2 – Como é efetuada a leitura de medidores?

A leitura é feita mensalmente por leituristas credenciados em datas pré-fixadas. Há casos em que a Resolução 414 da ANEEL permite que a leitura seja realizada em intervalos superiores a um mês.

 

3 - Eu mesmo posso fazer a leitura do medidor?
 
Sim, desde que a leitura seja informada com antecedência e observando a "data da próxima leitura" (até dois dias antes da referida data). Quando já houver leitura realizada pela Cemig não haverá possibilidade de registro.

 

4 - Faturamento pela média. Como é calculado?
  
 
 A conta de luz poderá ser faturada por média quando não houver oportunidade de leitura pela Cemig (caracterizando o impedimento de leitura) ou nos casos de leitura rural, onde Cemig faz a medição a cada 3 meses, de acordo com os critérios estabelecidos pela Resolução Normativa nº 414 da Aneel.
 
O faturamento pela média é calculado utilizando o histórico de consumo mensal dos últimos 12 meses ou o período que estiver disponível.
 
Mantenha o livre acesso do funcionário da Cemig até o local onde está instalado o relógio de luz em sua unidade consumidora. Caso sua propriedade seja em área rural, consulte o calendário de leitura para saber as datas que você pode informar esses dados, evitando que a sua conta seja calculada pela média (somente baixa tensão).
 
Você pode também registrar a autoleitura através do Cemig Torpedo (SMS) ou da Agência de Bolso (usuários de smartphone).
 
5 – Por que o valor de minha conta de luz é maior que a do mês anterior, se eu tenho os mesmos equipamentos ligados? 
 
De posse da conta de energia, verifique os seguintes pontos:
- Observe se existe mensagem sobre Falta de acesso à medição no mês ou meses anteriores (cobrança por média);
- verifique a Evolução mensal da média diária de consumo na unidade consumidora e compare o consumo desta fatura com o consumo dos meses anteriores e mesmo período no ano anterior:

 

 

 - Verifique se o número de dias entre as leituras é o mesmo da conta anterior. Normalmente o período de consumo varia de 27 a 33 dias. Uma conta correspondente a um número menor de dias de faturamento geralmente apresenta um consumo menor.

- Verificar se em função do consumo apurado, houve alteração na faixa / valor da CIP (contribuição de Iluminação Pública).

 

 

 - Verifique também se:

  • Houve algum tipo de curto-circuito nas instalações elétricas recentemente;
  • Houve, recentemente, aquisição ou troca de aparelhos eletrodomésticos;

 

Caso persista a dúvida, anote a leitura no verso de sua conta de energia elétrica e entre em contato através de um dos canais de atendimento.

 
6  – Como saber qual tipo de tarifa está classificada a instalação?
 
Para consultar esta informação observe na fatura, logo abaixo do nome do titular da fatura existe o campo classificação de sua unidade consumidora:

 

 

 

7 – Onde posso solicitar um serviço?
 
Você pode solicitar serviços através da Agência Virtual Cemig  no endereço www.cemig.com.br/atendimento ou demais canais de atendimento .

 

8 – Como calcular o valor da minha conta?
 
A sua conta é baseada no consumo de energia identificado através da diferença de leitura atual e leitura anterior. Você poderá estimar o seu consumo aqui: Estime seu consumo.

 

9 – Como se calcula o ICMS?
 
Clique aqui​ e veja

 

10 – O que é e como se calcula a CIP?
 
A CIP - Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública, foi instituída através da aprovação da Emenda Constitucional 39, de 19 de dezembro de 2002, que acrescentou à constituição o art. 149-A, facultando aos municípios instituírem contribuições com o fim de custear os serviços de Iluminação Pública.

O critério de cobrança da Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública está previsto em lei específica aprovada pela Câmara Municipal. Desta forma, a contribuição é diferente e específica para cada município.

Cada município estabelece o percentual a ser cobrado sobre a tarifa de Iluminação Pública em função do número de consumidores, por faixa de consumo, em função da necessidade de recursos para acobertar as despesas de expansão e melhoria, e demais despesas com o sistema de iluminação pública, que são distintos em cada município, pois dependem do número de lâmpadas, suas potências e outras características, bem como os demais equipamentos existentes no sistema de iluminação pública.

O faturamento é calculado com base na tarifa de Iluminação Pública, subclasse B4b, homologada pela ANEEL. As tarifas de energia estão disponíveis na Agência Virtual em:  Valores de Tarifas e Serviços

 

11 - Tarifa social. O que é e como obter o desconto na conta de luz?  
 
 TSEE - Tarifa Social de Energia Elétrica - É um benefício social criado pelo Governo Federal para beneficiar as e famílias de baixa renda. Consiste na redução da tarifa de consumo de energia elétrica em até 65%. Para indígenas e quilombolas o desconto pode ser de até 100%.

Quem tem direito a tarifa social? 

- Famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal com renda mensal de até meio salário mínimo nacional (renda familiar por pessoa).
- Com renda mensal de até 3 (três) salários mínimos e seja portador de doença que necessite manter equipamentos médicos elétricos em funcionamento de forma contínua.
- Pessoa que receba o BPC (Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social).
Para atualização cadastral do Cadastro Único procure a secretaria de Assistência Social de seu município. Com a documentação devidamente atualizada, vá até uma de nossas Agências ou postos de atendimento levando o número do NIS (Número de Identificação Social) ou do BPC.
 


12 – Como fazer o teste no equipamento de medição?

Procedimento para testes:
 
Efetue a verificação no equipamento instalado, conforme instrução a seguir. É um teste simples e seguro, porém, qualquer tipo de contato com energia elétrica, por menor que seja sempre incorre em risco de choque elétrico. Faça sempre de forma segura. Use calçados com solado de borracha e as mãos nunca devem estar molhadas. Se possível use luvas isolantes.
 
Dirija-se ao padrão de entrada da unidade consumidora (onde fica instalado o medidor) e desligue o disjuntor externo que lá se encontra. Verifique por 15 minutos se o disco do medidor irá girar. Caso o disco que se encontra instalado dentro do medidor continue girando mesmo com o disjuntor desligado, você deverá coletar a leitura registrada no medidor e ligar para o telefone 116 e informar o ocorrido. Nossos atendentes tomarão as devidas providências. 
 
Ligue novamente o disjuntor externo e apague todas as lâmpadas e desligue os equipamentos elétricos, retirando-os da tomada. Verifique por mais 15 minutos se o disco do medidor gira, mesmo que lentamente. Se o disco continuar girando, significa que há problemas na instalação elétrica interna do imóvel, o que exime a distribuidora de qualquer responsabilidade. Para identificar as possíveis causas, solicite os serviços de um eletricista particular.
 
 
13 – O padrão ligado em 220 volts economiza mais que o padrão ligado em 110 volts?
 
Não. O que determina o consumo de energia é o tempo de uso e a potência dos eletrodomésticos e aparelhos instalados.
 
14 - O que devo fazer para economizar energia?
 
Existem algumas dicas de como economizar energia na Agência Virtual em: Evite o desperdício de energia.
 
15 – Colocar garrafas de água sob a caixa do medidor economiza energia?
 
Não. Não existe nenhum fundamento científico ou experimental que comprove esse fato. Alem disso, tal prática pode trazer transtornos consideráveis para o cliente caso essa água vaze para dentro da caixa do medidor e cause um curto-circuito.

  

16 – É necessário fazer o aterramento na minha casa?
 
Sim. O aterramento, no caso de sobrecarga de energia no circuito elétrico, estabiliza a tensão e evita o curto-circuito nos aparelhos.

  

17 – É necessário desconectar os meus aparelhos da tomada na hora de chuva, quando há relâmpagos?
 
Caso haja uma sobrecarga em função de um raio, a rede elétrica, os cabos telefônicos e mesmo os cabos de TV por assinatura podem conduzir corrente até os aparelhos, danificando-os independente de estarem desligados. Desconectar os aparelhos da tomada é uma medida de segurança bastante eficaz nos casos de tempestades com relâmpagos.

 

18 – O que fazer no caso de falta de energia? 
 
 As ocorrências de falta de energia devem ser informadas à Cemig o mais breve possível e para tanto, é importante verificar alguns itens que favorecerão o seu atendimento:
- Instalações internas: chaves e disjuntores estão funcionando? (atuou/liga e desliga)
- Isolada: somente em sua unidade consumidora?
- Desligamento programado: você recebeu algum aviso da Cemig informando o dia e hora dessa falta de energia?
Se você identificou que o possível problema está nas suas instalações elétricas internas (falta de luz isolada ou durante a utilização de algum equipamento ou máquina de maior potência) chame um eletricista particular habilitado.
 
Caso identifique que o problema aparenta ser generalizado, informe a Cemig através dos nosso canais de Atendimento: Agência de Bolso, Cemig Torpedo, Agência Virtual (www.cemig.com.br/atendimento) ou Fale com a Cemig - 116.
 
 
19 – Encerramento contratual. O que é e quando ocorre?  
 
É o encerramento da relação de consumo entre você e a Cemig. A relação contratual por sua vez, será desfeita por meio de uma formalização do atual titular da conta, ou pelo novo cliente da unidade consumidora (troca de titularidade). Nos casos de suspensão do fornecimento, caso não haja solicitação formal de religação após dois ciclos completos e consecutivos de faturamento, haverá o encerramento contratual, não sendo geradas mais contas ou cobranças. Deste modo ressaltamos a importância de quitar os débitos e encerrar a relação contratual sem pendências.
 
Para instalações de Média / alta tensão serão observadas as condições do contrato (na dúvida, entre em contato com o agente responsável pelo seu relacionamento)
 
20 - Religação da energia. Quais os tipos e prazos disponíveis? 
 
A religação da energia após a comprovação do pagamento da conta pendente será atendida da seguinte maneira:
 
– 24 (vinte e quatro) horas, para religação normal de unidade consumidora localizada em área urbana;
– 48 (quarenta e oito) horas, para religação normal de unidade consumidora localizada em área rural.
 
É importante deixar livre acesso até as instalações elétricas e se não houver um responsável pela unidade consumidora no local a Cemig religará a energia, mas deixará o disjuntor desligado para a sua segurança e de seus equipamentos.

 

21 – Por que recebi o reaviso, se minha conta já está paga?
 
No reaviso consta a data em que este foi emitido, ou seja, data em que foi feita a consulta e observado o não pagamento. Entre a data da verificação do banco de dados da Cemig e o seu recebimento pelo cliente há uma diferença de cinco dias em média. Caso já tenha efetuado o pagamento, verifique o dia em que este foi efetuado e em caso de dúvidas, entre em contato através de um dos canais, lembrando que está disponível para consulta na Agência Virtual, o serviço de Histórico de Faturamento onde o cliente pode verificar a situação dos 12 últimos faturamentos.

 

22 – Após quantos dias de atraso é suspenso o fornecimento de energia?
 
A Cemig informa através do reaviso a data em que será executado o corte no fornecimento de energia elétrica. Caso não seja desligamento por falta de pagamento a falta de energia pode ser informada através de um dos nossos canais de atendimento.
 
Para Unidades Consumidoras classificadas nas Subclasses Residencial Baixa Renda, a suspensão no fornecimento deve ocorrer com intervalo mínimo de 30 (trinta) dias entre a data de vencimento da fatura e a data da suspensão de fornecimento. Demais casos a suspensão no fornecimento pode ocorrer a partir do 16º (décimo sexto) dia.
 
 
23 - Conta de luz por e-mail. O que é e como me cadastrar? 
 
A conta de luz por e-mail é um serviço gratuito, prático e muito seguro, pois mantém toda a confidencialidade de suas informações ao entregar a conta somente no e-mail que você escolher. O arquivo enviado possui as mesmas informações e detalhes da conta impressa, tendo como apresentação do documento a data de envio do e-mail para você.
 
Não se esqueça de manter o seu cadastro sempre atualizado com o endereço de e-mail utilizado por você e que disponha de programa que leia o arquivo PDF que será apresentado. Lembre-se também de cadastrar o domínio @cemig.com.br em sua lista de contatos seguros, evitando que nossa mensagem seja direcionada para a caixa de spam.
 
Importante reforçar que não enviaremos, de forma alguma, nenhuma mensagem de e-mail solicitando seus dados pessoais ou confidenciais, bem como ordens de pagamento ou solicitações de depósito bancário. E se mudar de ideia, a qualquer momento você pode voltar a receber a conta impressa.
 
Fique atento ao vencimento de sua conta de luz, pois o não recebimento dela por e-mail não o isenta da responsabilidade de pagá-la no prazo e ainda evita juros e demais transtornos. Se necessário, altere também o dia para o vencimento da sua conta de luz , optando sempre que possível por débito automático para evitar o esquecimento.
 
Assim você ajuda o meio ambiente evitando o corte de árvores para a produção da conta impressa, além do acúmulo desnecessário de papel.
 
Para aderir a este serviço acesse www.cemig.com.br/atendimento - CONTA POR EMAIL.
 
 
24 - Novos equipamentos. Preciso informar o uso de novos equipamentos ou carga em minha unidade consumidora?
 
Durante a reforma da unidade consumidora, às vezes há necessidade de utilizar equipamentos não usuais (betoneira, máquina de solda, motores etc.). Além disso, com o passar dos anos, as pessoas tendem a adquirir novos e mais potentes eletrodomésticos e equipamentos, o que sobrecarrega tanto a instalação interna da unidade consumidora quanto à rede da Cemig, principalmente em períodos quentes e secos onde há o aumento significativo do uso de equipamentos de refrigeração, ar condicionado e freezers.
 
Por isso, toda vez que você for fazer uma reforma ou adquirir equipamentos mais potentes para uso em sua unidade consumidora, chame um eletricista particular habilitado para checar se a instalação elétrica é compatível com a carga total inclusive novo ou eventual equipamento, evitando sobrecargas na rede elétrica de sua propriedade, problemas de  oscilações na tensão, queda de energia, queima de equipamentos etc.
 
Identificado o uso indevido de novas cargas ou equipamentos que comprometam a segurança ou a qualidade do sistema elétrico, você será notificado a regularizar sua instalação interna. A Cemig informará ainda sobre a necessidade de obras na rede elétrica, podendo suspender temporariamente a energia em casos críticos.
 
 
25 - Corte por deficiência técnica. Quando ele ocorre
 
Quando é constatado por um funcionário da Cemig que o padrão de entrada de sua unidade consumidora está em mau estado de conservação (risco de queda ou choque elétrico) com a emissão do Termo de Irregularidade, entregue ou deixado no local, sobre a necessidade de reforma no padrão de entrada de energia de sua propriedade. O corte da energia poderá ocorrer após um prazo pré-determinado ou de imediato se houver risco iminente à segurança e a vida. Esses critérios estão estabelecidos na Resolução Normativa nº 414 da Aneel.
 
Mantenha em bom estado de conservação o padrão de entrada de sua unidade consumidora. Se necessitar de reforma, antes de entrar em contato com a Cemig, procure um eletricista particular habilitado para a realização do Corte para Conserto.
 
 
 

DÉBITO AUTOMÁTICO

Saia da fila – cadastre seu débito automático

Bradesco Itaú Banco do Brasil Caixa Econômica Federal HSBC Santander Mercantil do Brasil
 

Fale com a Cemig : ligue 116 | Fora do Estado de Minas Gerais: 0800 721 0116   |   Deficientes auditivos: 0800 723 8007

Copyright Cemig - Todos os direitos reservados