Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
 
Piscicultura e peixamentos 

O repovoamento de reservatórios e rios com espécies nativas de peixes são ações de conservação realizadas de forma pioneira pela Cemig, desde 1976. Com a criação do Peixe Vivo, elas recebem atenção especial, buscando a preservação da biodiversidade, as melhores estratégias e a avaliação da eficiência dos trabalhos.
 
A Cemig realiza a soltura de alevinos para recompor os estoques de peixes de interesse ecológico (espécies ameaçadas de extinção, por exemplo), de forma a suplementar as populações já existentes na região e manter as espécies em ambientes aquáticos impactados por causas naturais ou pela ação humana.  

Produção e soltura
 
A produção em cativeiro de alevinos acontece no período de reprodução das espécies, no final de cada ano. A safra acompanha o ano agrícola, iniciando no mês de junho, e a agenda de peixamentos de cada estação é definida em janeiro e fevereiro, suspendendo a soltura nos meses mais frios (julho e agosto).
 
Na primeira safra realizada pelo Peixe Vivo, quase 1,5 milhão de alevinos foram soltos em bacias hidrográficas mineiras. A produção em cativeiro foi de 34,7 toneladas, um recorde para a Cemig, priorizando os peixamentos com espécimes de maior biomassa.
 
Estações de psicultura e convênios
 
Os peixes das bacias dos rios Grande são produzidos na estação de Itutinga. Em Machado Mineiro, acontece a produção de alevinos das bacias do Pardo e Jequitinhonha, em parceria com a Fundação de Apoio e Desenvolvimento de Ensino Tecnológico (Fadetec) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas.
 
Saiba mais sobre as estações de piscicultura:
 

     Itutinga

 

     Machado Mineiro

 
 

Fale com a Cemig : ligue 116 | Fora do Estado de Minas Gerais: 0800 721 0116   |   Deficientes auditivos: 0800 723 8007

Copyright Cemig - Todos os direitos reservados